Amadora

A Amadora é uma cidade recente (1979), é parte integrante da Área Metropolitana de Lisboa, tem uma área de 23,8 km2, 171.500 habitantes (2021) e é a 4ª maior cidade do país.

A Amadora está divida em 6 freguesias: Águas Livres, Alfragide, Encosta do Sol, Falagueira-Venda Nova, Mina de Água e Venteira. Encontra-se confinada pelos seguintes municípios: Odivelas (nordeste), Lisboa (sudeste), Oeiras (sul e oeste) e Sintra (oeste e norte).

Inicialmente uma zona de matriz fortemente rural, o município viu o ritmo de crescimento urbano e industrial acelerar entre as décadas de 1950 e 1970, em grande parte graças à melhoria das acessibilidades, nomeadamente após a construção da linha de comboios Lisboa-Sintra. 
A partir dessa época sofreu uma forte explosão demográfica, em virtude da sua proximidade geográfica a lisboa, assumindo-se como uma zona dormitório para trabalhadores que migravam do campo para a capital (maioritariamente provenientes do Alentejo) em busca de melhores condições de vida.

Imobiliário

Em termos habitacionais e segundo dados do INE:

  • No 4º trimestre de 2021, o preço médio por metro quadrado (relativo aos 12 meses anteriores) das habitações na Amadora era de 1.820 €/m2. Isto corresponde ao 19º município com valor mais elevado de Portugal e o 8º mais cara da Área Metropolitana de Lisboa.
  • No 2º segundo trimestre de 2021, a Amadora era o 4º município mais caro para arrendar casa em Portugal: 8,76 €/m2. Apenas ultrapassado por Lisboa (11,12 €/m2), Cascais (10,56 €/m2) e Oeiras (9,86 €/m2). Tal deve-se fundamentalmente à forte procura de habitações que não tem resposta por parte da oferta de casas novas e usadas para venda.

Bem-estar

Em termos de segurança, na última década, a Amadora tem feito um excelente trabalho ocupando hoje a 9ª posição no ranking de incidência de crimes na Área Metropolitana de Lisboa, tendo passado de 41,3 crimes em 2013 para 27,2 crimes em 2020.

A Amadora conta com diversos equipamentos de saúde, com destaque para o hospital público Professor Doutor Fernando Fonseca e 3 hospitais privados: o Hospital da Luz, o Hospital da Trofa e o Hospital Lusíadas Saúde.

Apesar de ser uma cidade essencialmente residencial, a Amadora apresenta parques comerciais, indústrias e sedes de empresas relevantes e importantes a nível nacional. Como parques comerciais, tem o IKEA, Decathlon, Continente e o UBBO (um dos maiores centros comerciais de Portugal). A Amadora tem também as sedes de algumas empresas internacionais a operarem em Portugal como a Siemens e a Roche. Tem também as fábricas dos rebuçados Dr. Bayard, a fábrica de vidro da BA Glass, etc.

Cultura

A Amadora dispõe de variados equipamentos culturais públicos, entre os quais se destacam:

  • Cineteatro D. João V (auditório com 388 lugares, totalmente equipado, incluindo sistema de projeção digital);
  • Galeria Municipal Artur Bual;
  • Museu Municipal de Arqueologia;
  • Recreios da Amadora (um auditório, dois estúdios de dança/sala de ensaio e um salão nobre/espaço polivalente);
  • Casa Roque Gameiro;

Desporto e Lazer

Entre os clubes desportivos mais importantes contam-se o Estrela da Amadora, a Associação Académica da Amadora e o Clube Natação da Amadora. O Parque Central da Amadora, um espaço multifuncional com 65 mil metros quadrados de zonas verdes, um lago e diversos equipamentos para a prática de atividades físicas e de lazer.

Escolas

Na Amadora encontra-se a Escola Superior de Teatro e Cinema com várias Licenciaturas, Mestrados, Pós-Graduações e possibilidade de Doutoramentos. Possui ainda um dos campi da Academia Militar, onde se situa parte significativa do corpo de alunos, nomeadamente os alunos internos, os serviços académicos, e parte proporcional dos serviços de apoio e administração. Possui diversas escolas da rede de Escolas Públicas bem como diversos colégios privados.

Transportes e mobilidade

Para além do transporte ferroviário e metropolitano a Amadora é servida por diversos operadores de autocarros, que asseguram as ligações internas dentro da Amadora e aos municípios vizinhos de Lisboa, Odivelas, Oeiras e Sintra. 
Em termos de infraestruturas rodoviárias, entre as principais artérias rodoviárias destacam-se a IC19, A9, A16, A36 e A37.

Pontos de Interesse

  • Parque Central da Amadora;
  • Grutas artificiais de Carenque;
  • Aqueduto das Águas Livres;
  • Estado Maior da Força Aérea (EMFA); 
Mapa: 
Atualizado em: 
27. Julho 2022

Siga-me nas redes sociais