Crédito Consolidado

Crédito Consolidado

A tentação fácil do recurso ao crédito concorre muitas vezes para a acumulação de vários empréstimos, contraídos junto de uma ou mais entidades financeiras, com diferentes encargos e que levam frequentemente ao endividamento descontrolado. Daqui resulta uma elevada taxa de esforçoinfo-icon que é impeditiva da concessão de novos créditos e põe em causa a solvibilidade financeira pessoal dos intervenientes.

Hoje em dia a oferta de créditos disponível no mercado é grande e pode envolver: crédito à habitação, crédito ao consumo, cartões de crédito, crédito automóvel, etc. Os créditos de curta duração e pequeno montante, como cartões de crédito e créditos ao consumo, são os mais penalizados pois têm normalmente taxas de juro mais elevadas.

Crédito consolidadoinfo-icon o que é?

O Crédito consolidado resulta da combinação de diversos créditos num só, com o objetivo de reduzir os encargos mensais com múltiplos empréstimos, conseguido através da negociação de uma só taxa de juro e duma maturidade mais favorável.

Como obter a consolidação do crédito?

Uma das formas de baixar os encargos financeiros e a taxa de esforço dum particular ou empresa, passa pela renegociação dos créditos existentes, combinando-os num só, com melhores condições e encargos financeiros mensais mais baixos. A forma de atingir este objetivo passa por:

  • Reduzir a taxa de juro global dos empréstimos, uma vez que as taxas individuais, nomeadamente as de pequenos créditos ao consumo ou de cartões de crédito, são muito penalizadas.
  • Outra opção que pode ser usada na operação de consolidação de créditos é o aumento da maturidade do empréstimo consolidado, alongando o prazo de amortização e conseguindo desta forma uma taxa de juro mais baixa. A combinação de empréstimos de curto, médio e longo prazo num só contrato e numa só maturidade permite reduzir a taxa de juro global do crédito.
  • Quando existe um crédito à habitação, esta é uma operação que pode ser feita junto do banco onde está sediado o empréstimo, tentando baixar o spreadinfo-icon e oferecendo em compensação a domiciliação nesse banco dos créditos contraídos junto de outros bancos ou entidades financeiras.
  • A consolidação de créditos pode fazer uso de uma opção adicional: o recurso à hipotecainfo-icon de um imóvel. Caso já exista uma hipoteca sobre esse imóvel, desde que o valor do mesmo seja superior à hipoteca existente, esta opção ainda é válida. Um empréstimo hipotecário tem geralmente uma taxa de juro mais baixa que pode chegar até aos 3%-5%.

Quando o endividamento está pulverizado em muitos créditos, provenientes de diferentes entidades e e com diferentes modalidades, a operação de consolidação de créditos pode reduzir as prestações mensais entre 20% a 40% e até cerca de 60%, com crédito hipotecário)!

Quais são as vantagens do crédito consolidado?

A mais óbvia é a redução dos compromissos financeiros mensais, obtendo uma saúde financeira que o excesso de endividamento não permite.

A segunda tem a ver com a concessão de novos créditos, especialmente se está em causa um crédito à habitação. Sempre que um banco avalia um pedido de empréstimo uma das primeiras medidas passa por avaliar o risco de crédito do requerente. Para tal começa por avaliar um dos indicadores mais importantes: a Taxa de Esforço. Ora a consolidação de créditos, ao reduzir as prestações mensais dos créditos existentes, vai permitir a redução desta taxa, facilitando a aprovação do novo crédito e viabilizando melhores condições de financiamento.

Artigos Relacionados

Conservatória do Registo Predial Conservatória do Registo Predial
É um serviço público que tem como principal função registar toda a informação relativa aos bens imóveis, ou seja: a localização, composição e identificação dos sucessivos proprietários.
Ação de Despejo Ação de Despejo
Ação judicial em que o senhorio solicita ao tribunal que cancele o vinculo contratual com o inquilino e obrigue o mesmo a desocupar o imóvel alvo do contrato de arrendamento.
IMI IMI - Imposto Municipal sobre Imóveis
O IMI ou Imposto Municipal sobre Imóveis é um imposto municipal que incide sobre o VPT (Valor Patrimonial Tributário) de todos os imóveis localizados em território nacional e cujo pagamento é anual