Mexidas no IMI de casas com "boa" vista e expostas ao Sol

A notícia caiu que nem uma bomba e foi divulgada pelo Jornal Negócios. Foi publicado ontem segunda-feira, em Diário da Republica, o diploma já aprovado pelo Presidente da República, que vem penalizar o “coeficiente de qualidade e conforto”, que é um dos parâmetros que faz parte da fórmula de cálculo do valor do imposto IMIinfo-icon e que é pago anualmente pelo proprietário de uma casainfo-icon

O aumento do peso deste coeficiente na fórmula no cálculo do VPTinfo-icon (Valor Patrimonial de uma Casainfo-icon) que antes era de 5% e agora passou a 20%, irá afetar as avaliações de casas novas ou pedidos de reavaliação das antigas, fazendo com que o Imposto Municipal sobre Imóveisinfo-icon (IMIinfo-icon) suba, para casas que possuam maior exposição ao Sol e/ou que beneficiem de "boas vistas".

Esta alteração poderá afetar tanto para cima como para baixo a avaliação de uma casa. Ou seja, futuramente, antes de pedir uma reavaliação do Valor Patrimonial da sua casa (VPT) pense duas vezes, pois pode acabar com um valor de IMI mais elevado do que o anterior.

Segundo o presidente da Associação Lisbonense de Proprietáriosinfo-icon, Menezes Leitão:

Tudo está feito para que as pessoas que estão a pagar as suas casas tenham este aumento fiscal que não vão conseguir suportar e, por isso, a maioria dos cidadãos está desprotegido contra este brutal aumento”

107 leituras