Levantamento Topográfico

O levantamento topográfico consiste no mapeamento da superfície de um terreno, através de medições realizadas por um topógrafo, para elaboração duma planta topográfica que assinale as variações do relevo e outos acidentes geográficos. É um elemento fundamental e está presente nas diversas fases de uma construção: no projeto, na execução e na fiscalização da obra.

Levantamento Topográfico

O que é um levantamento topográfico?

O levantamento topográfico consiste na representação - planimétrica ou altimétrica - em carta ou planta dos pontos notáveis, bem como os acidentes geográficos e outros pormenores de relevo, baseados em medições de precisão (que incluem equipamentos óticos e de GPS) realizadas junto de um terreno.

Existem 3 tipos de levantamentos topográficos que podem ser utilizados para a medição dos elementos e características de um terreno: o planimétrico, o altimétrico e o planialtimétrico. O primeiro se refere às medidas em um plano, enquanto o segundo levanta medidas na vertical. A união desses dois resulta no levantamento planialtimétrico, método que permite um mapeamento mais completo:

Levantamento planimétrico

O levantamento topográfico planimétrico, também chamado Planimetria, caracteriza-se pela medição das projeções horizontais que definem uma área.

Este tipo de levantamento é usado principalmente para determinar os limites de um terreno.

Levantamento altimétrico

O levantamento altimétrico consiste na definição das alturas dum terreno. Esse método também pode ser chamado de altimetria, e registra o grau do declive de um terreno, tais como vales, colinas, taludes, declives, etc.

As curvas de nível são representações em planta dos pontos de um terreno que apresentam uma mesma altura. Ao ligá-los por meio de linhas, obtém-se as curvas de nível. Assim, a principal função de uma altimetria é representar o relevo de uma área, informação fundamental para a representação das características de um terreno. 

O levantamento topográfico altimétrico ou nivelamento, consiste numa planta topográfica com curvas de níveis, que representam as variações do relevo, e elementos encontrados no mesmo. As curvas de nível não levam em linha de conta casa, muros ou outras construções não naturais.

Levantamento planialtimétrico

O levantamento planialtimétrico consiste na união entre os levantamentos planimétrico e altimétrico. Esse método permite registar tanto a medição das projeções horizontais como as diferenças de altura do relevo do terreno. Ou seja, gera um mapeamento mais completo.

Esse levantamento é necessário nos casos em que se necessita de um mapeamento detalhado das condições de um terreno.

Levantamento Georreferenciado

É um levantamento topográfico que vem acompanhado das coordenadas geográficas.

O que contém um levantamento topográfico?

De acordo com cada topógrafo a informação poderá ser mais ou menos detalhada bem como o tipo de formato entregue (essencialmente digital mas pode ser até 3D). Alguma da informação a fornecer será:

  • Limites do terreno (muros, vedações, marcos, etc.);
  • Cotas e curvas-de-nível que mostrem a morfologia do terreno;
  • Localização de construções e construções vizinhas (quando estas se encontrem próximas);
  • Localização de infraestruturas (água, saneamento, pluviais, eletricidade, telefones, gás, etc.) e respetivas cotas de soleira;
  • Localização de acessos (estradas, caminhos, etc.);
  • Localização de principais espécies arbóreas (em especial se houver espécies protegidas, caso do sobreiro);
  • Coordenadas geográficas, caso o levantamento topográfico tenha sido contratado com este requisito.

Para que serve um levantamento topográfico?

O levantamento topográfico tem como objetivo mapear a superfície de um terreno, e compilar um conjunto de dados que posteriormente serão usados para a elaboração de plantas e perfis, representações gráficas das características do terreno.

É um elemento essencial na elaboração e execução de qualquer projeto de construção, é imprescindível para o registo do terreno no cartório, para requerer licenciamento camarário, para a execução dos trabalhos terraplanagem ou remoção de terras, controlo e execução da obra, trabalhos de fiscalização, etc. 

No caso da construção de uma casa, o levantamento topográfico é normalmente o primeiro passo para que o arquiteto possa desenvolver um projeto de arquitetura. Daí que qualquer comprador de um lote de terreno, deverá solicitá-lo mesmo antes de o adquirir. Não só porque a sua realização representa um custo adicional, mas porque desta forma é possível detetar eventuais desconformidades entre as áreas registadas no Registo Predial ou na Caderneta Predial e a realidade revelada pelo levantamento topográfico.

Este levantamento é fundamental para registo do imóvel em cartório, para o licenciamento camarário de obras de construção civil e mais tarde para a execução dos trabalhos, como por exemplo os trabalhos de terraplanagem ou remoção de terras. De forma resumida. o Levantamento Topográfico é usado para:

  1. Determinar os limites e as áreas de terrenos urbanos e rústicos;
  2. Efetuar o levantamento altimétrico de modo a fornecer ao projetista e ao responsável pela obra, dados acerca as elevações e depressões do terreno;
  3. Facilitar o registo e cadastro do terreno para efeitos legais;
  4. Elaborar perfis rodoviários ou de canais e rios;
  5. Obter cortes transversais a volumes, tais como elevações de terreno e outros;
  6. Mensurar volumes;
  7. Determinar o volume de aterros.

Quem pode realizar um levantamento topográfico?

Um  profissional habilitado para produzir um levantamento topográfico dá pelo nome de topógrafo. É ele quem irá definir qual o tipo de levantamento topográfico e fará as medições necessárias à sua elaboração, recorrendo a equipamentos de medição especializados.

Em Portugal, os técnicos topógrafos têm que ser autorizados e certificados, nos termos da lei, pela Direção Geral do Território (D.G.T.). Caso pretenda pode consultar a lista atualizada dos técnicos de cadastro predial habilitados a exercer a atividade no território de Portugal continental, nela constando os contactos e as zonas do país onde cada técnico presta serviços.

Pode também recorrer a entidades coletivas, públicas ou privadas (lista atualizada), com autorização (alvará) para o efeito, que por sua vez irão recorrer aos técnicos de cadastro predial atrás mencionados.

Quanto custa um levantamento topográfico?

O valor de um levantamento topográfico varia com cada entidade ou topógrafo, área a cartografar, geometria do terreno, tempo estimado, bem como a região do pais.

É aconselhado pedir mais do que um orçamento para poder escolher a melhor relação preço/qualidade. Mas é normal encontrar técnicos que cobram valores na ordem dos 200€ para um terreno de 450m2, e entre os 300€ e os 400€ para terrenos maiores, até 1000 m2, mas há quem forneça orçamentos mais baixos.

Mas o tipo de levantamento topógrafo também pode influir. Aqui ficam alguns valores de referência (retirados do Habitissimo, para um terreno com uma área de 450 m2:

  • Levantamento altimétrico e Levantamento Planimétrico - O custo é de cerca de 150€;
  • Levantamento Plani-altimetrico - O custo é de cerca de 200€;
  • Levantamento Georeferenciado - O custo é de cerca de 250€;
Atualizado em: 
19. Fevereiro 2021

Artigos relacionados

Siga-me nas redes sociais